[DESCASO] Parlamento Jovem visita escolas municipais abandonadas na zona rural de Itatuba e cobra providências

Na tarde da quarta-feira (3), o Parlamento Jovem de Itatuba, acompanhado do presidente da Câmara, Aécio Cavalcante (MDB), realizou visitas a duas escolas municipais na zona rural da cidade que estão abandonadas, após deterioração das estruturas e não conclusão de reformas. O problema, que já se arrasta há anos, volta à evidência no processo de retomada das aulas presenciais, interrompidas pela pandemia da Covid-19.

Foram visitadas as escolas José Barbosa de Medeiros e Antônio Rodrigues de Oliveira, localizadas nos sítios Jaty e Jacaré, respectivamente. Ambas as unidades educacionais passaram pelas últimas reformas estruturantes há mais de 20 anos e encontram-se desativadas devido às péssimas condições físicas. No início de 2020, um pacote de serviços da Prefeitura chegou a iniciar obras nos locais, mas foram interrompidas e até o momento não retomadas.

Veja as imagens dos locais:

Nas duas comunidades rurais, imóveis particulares foram locados pela gestão municipal para funcionarem de forma improvisada, enquanto que os prédios das escolas seguem abandonados.

O jovem parlamentar Wesley Souza, ex-aluno da Escola José Barbosa de Medeiros, onde foi alfabetizado, lamenta a situação. “É bem triste encontrar a escola assim. Os atuais alunos estão estudando de forma bem crítica em uma casa pequena e sem condições para aprender alguma coisa”, afirma Wesley.

O também jovem parlamentar Jeferson Santana relembra as memórias de convivência e aprendizado adquirido na Escola Antônio Rodrigues de Oliveira. “Aqui eu aprendi tudo. Aprendi a ler nessa escola. A gente brincava muito e se divertia bastante quando as aulas acabavam. São muitas memórias boas e é devastador encontrar a escola nesse estado. É lastimável. É preciso reconstruir e dar dignidade aos estudantes”, assegura Jeferson.

De acordo com o Presidente da Câmara, Aécio Cavalcante (MDB), a precariedade das escolas José Barbosa de Medeiros e Antônio Rodrigues de Oliveira não pode mais continuar e outras unidades educacionais ainda serão fiscalizadas pelo Poder Legislativo Municipal.

“Nossa visita é um misto de fiscalização, apelo e capacitação. Fiscalizar as condições estruturais da educação em nosso município, apelar ao Poder Executivo para que possibilite igualdade de ensino, com qualidade, entre os estudantes da zona rural e da zona urbana e capacitar os nossos jovens parlamentares dentro de tudo aquilo que o projeto propõe, que engloba a vivência de um vereador. Essas são as primeira visitas de muitas que faremos. Em Jaty e Jacaré, constatamos que as escolas estão totalmente deterioradas e inoperantes, sem quaisquer condições de receberem alunos, professores e auxiliares nesse processo de retorno ao ensino presencial. Assim como apelamos à prefeitura para que reconstrua os prédios em situação precária, pedimos o apoio do Ministério Público, tendo em vista que essas escolas são as únicas em ambas as localidades e as aulas estarem acontecendo em ambientes improvisados. Não pode continuar assim. Estamos fazendo um apelo. É preciso tratar as escolas de Itatuba com zelo”, diz o chefe do Poder Legislativo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s