[DUROU POUCO] Médica Infectologista pede demissão do Ministério da Saúde após 10 dias de trabalho

Criada 15 meses após o início da pandemia, a Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 está sem comando.

O Ministério da Saúde informou neste sábado (22) que a médica infectologista Luana Araújo, anunciada para o cargo de secretária há apenas dez dias, desistiu de ocupar a função.

De acordo com o Estadão, Luana é defensora da vacinação em massa, já declarou ser favorável a medidas restritivas e contra o “kit covid”, mesmo para pacientes com sintomas leves.

Médica Luana Araújo ao Lado do Ministro Queiroga. Foto: Reprodução.

Segundo publicou a revista ‘Veja’, ela não aceitou determinações impostas pelo Palácio do Planalto e abriu mão de aceitar o cargo.

É possível que a médica seja chamada à CPI da Covid para explicar os motivos do recuo.

Fonte: Estadão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s