[PSICOLOGIA] 18 de Maio e a Luta Antimanicomial – Por Letícia Melo

O 18 de Maio marca um dia de luta para todas(os) aquelas(es) que reconhecem que a reclusão não é tratamento e a exclusão não é terapêutica. A Luta Antimanicomial trabalha por um atendimento em saúde mental humanizado, focado na integração comunitária, no fortalecimento de vínculos e na promoção da autonomia dos sujeitos.

Lutamos também para desconstruir entendimentos pejorativos sobre a loucura e sobre o sofrimento psíquico. Todos os seres humanos sofrem e todos os seres humanos merecem atenção e cuidados em saúde mental que promovam o seu bem-estar e o seu desenvolvimento.

Há quem pense que essa luta está ganha e esses direitos estão conquistados, mas a realidade do cuidado em saúde mental nos mostra algo diferente.

Cabe não apenas aos profissionais, mas também e igualmente aos usuários dos serviços de atendimento em saúde mental e à toda a comunidade o trabalho pela garantia do atendimento humanizado e promotor de autonomia.

Saúde mental é interesse de todos(as)! A Luta Antimanicomial é por todas(os)!

Imagem Divulgação

Confira também a postagem nas redes sociais:

Dra. Letícia de Mélo Sousa
Psicóloga (CRP/13 – 6856). Doutora e Mestra em Psicologia Social pela UFPB. Professora Adjunta na UNIFACISA
Pesquisadora nas áreas de gênero e sexualidade, violência contra a mulher e violência online.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s