[POR UM FIO] Cresce a especulação da possível demissão do Secretário Felipe Reúl e críticas à condução da saúde na cidade

Na manhã dessa sexta-feira (14) portais de notícias do estado passaram a publicar que a situação do Secretário de Saúde de Campina Grande, Felipe Reul, não está nada boa. Em um momento onde a cidade vê o número de casos subirem drasticamente e do anúncio de que novas medidas restritivas serão publicadas pelo Prefeito Bruno Cunha Lima, o próprio Secretário de Saúde não participou da reunião de definição das novas decisões da Prefeitura.

Segundo o Blog do Max Silva, Reul não esteve presente na quinta-feira (13) do encontro promovido pelo Prefeito Bruno para a discussão das tomadas de decisões que serão divulgadas com a intenção de conter o avanço da Covid na cidade. Participaram da reunião de trabalho, no Ipsem, os secretários Gilney Porto (adjunto da Saúde), Rosália Lucas (Desenvolvimento Econômico), Gustavo Braga (Finanças), Asfora Neto (Educação), além do procurador-geral do Município, Aécio Melo. O coordenador de Comunicação, Marcos Alfredo, e o assessor especial, Roberto Santa Cruz.

O Prefeito Bruno tem enfrentado nas últimas semana fortes críticas em relação a condução das ações da pandemia, a população principalmente tem divulgado nas redes sociais vídeos e imagens do caos que está ocorrendo no processo de vacinação no município, só nessa sexta, imagens do Hospital Pedro I, feitas pelo jornalista Josué Cardoso, mostram enormes filas e a falta de pessoal para atendimento a população.

Hospital Pedro I, imagens Josué Cardoso

Durante a semana o prefeito já tinha anunciado mudanças na Coordenação de Imunização da cidade, como anunciou o Blog do Maurílio Junior, Samira Luna foi adicionada também a função, para que ao lado de Miralva Cruz, antiga e atual coordenadora, pudesse dar melhores respostas a coordenação do processo. Porém especula-se que a decisão do prefeito em não mudar Miralva e mantê-la também no cargo, tenha sido só uma forma educada de não demiti-la.

A prefeitura também tem recebido fortes críticas e questionamentos por parte da justiça, sobre o fato de ainda manter no seu protocolo de atendimento a pacientes com a Covid, o chamada Kit Covid, um coquetel de medicamentos sem comprovação científica para o atendimento das vítimas da doença, que inclue a cloroquina, defendida de forma efusiva pelo Presidente Bolsonaro, que já é alvo de questionamentos da CPI da Covid, que ocorre no Senado.

A ausência injustificada de Reul no último encontro decisivo sobre as medidas na cidade, sendo ele o principal responsável, ao lado do Prefeito Bruno, da condução desse processo no município, aliada ao acúmulo de críticas e dificuldade de resolução rápida dessas situações, fortalece assim a suspeita que o mesmo possa estar próximo de ser demitido.

Bruno precisa ser mais ágil em dar uma resposta a toda população, a estratégia da prefeitura de tentar mostrar uma realidade oposta aos fatos e justificar com discursos políticos contra aqueles que tentam demonstrar essa verdadeira situação, já não tem surtido efeito na população que vivência no dia-a-dia os problemas da cidade.

Redação Gabinete Paraíba

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s