[MULHERES] Com aumento de 84% na procura, Governo do Estado inscreve 85 municípios no Selo Prefeitura Parceira da Mulheres 2021

O Governo do Estado, através da Secretaria da Mulher e Diversidade Humana, divulgou essa semana o número de inscrições homologadas da Premiação do Selo Prefeitura Parceira das Mulheres – Ano da Igualdade Étnico Racial, ao todo 85 municípios tiveram suas inscrições aceitas, o que representa 38% do municípios paraibanos e um aumento de 84% no número de inscritos em relação a primeira edição, que em 2019 inscreveu 51 prefeituras.

Imagem Divulgação

O Selo Prefeitura Parceira das Mulheres, é uma iniciativa da Secretaria da Mulher e Diversidade Humana, em parceria com a Secretaria do Desenvolvimento e Articulação Municipal e com a Federação das Associações dos Municípios. Em sua segunda edição, o Selo se destina à execução de ações para todas as mulheres, com prioridade para mulheres negras, de comunidades tradicionais e dos povos originários, tem como objetivo selecionar práticas inovadoras e comprometidas com as mulheres em toda sua diversidade, considerando o recorte étnico-racial, geracional, orientação sexual e identidade de gênero, deficiência e localidade.

Para a Secretária da Mulher, Lídia Moura, o crescimento do número de inscrições representa uma grande conquista, segundo ela, o edital de lançamento de inscrições já funciona quase como uma consultoria, tendo em vista que ele apresenta uma série de medidas em que a Secretaria aponta várias possibilidades de atuação de um município, para beneficiar a população de mulheres. Lídia também destaca a importância da questão étnico racial, tema do selo esse ano:

“Este é o ano da igualdade racial e, portanto, há também políticas que vão beneficiar nesse sentido, que são iniciativas em que as prefeituras estarão fazendo o enfrentamento ao racismo, já que na questão da violência, por exemplo, as mulheres negras são as mais afetadas. Então é necessário que os municípios comecem a dar respostas também para o enfrentamento desse racismo, para o enfrentamento a intolerância religiosa, para a proteção das mulheres, sobretudo as mulheres negras que são as mais afetadas com essas violências.”

A Secretaria também destaca outros eixos do programa, como o empreendedorismo, a questão cultural, emprego e renda, na questão da saúde, entre outros. Para Lídia, o número de municípios inscritos, que somam 38% das cidades do estado, já representa o início dos próprios trabalhos, pois no ato de inscrição as prefeituras necessitam apresentar o pré-projeto das iniciativas que serão realizadas ao longo de todo ano até a premiação, que ocorrerá em 2022.

“Nós teremos 85 prefeituras paraibanas trabalhando, se movimentando para implantação de políticas públicas para as mulheres, inclusive com essa perspectiva do enfrentamento ao racismo. Então é uma vitória em tempos de pandemia, que os governos tenham se articulado, que gestores e gestoras tenham colocado as suas equipes para atuar e fazer projetos. Nós acreditamos que o resultado será com novas políticas, com novas possibilidades, com ações, com incremento de ações que já existam e isso vai resultar em benefícios para toda sociedade do nosso estado.” Complementou Lídia Moura.

Para George Coelho, Presidente da FAMUP, entidade parceira do projeto, o Selo tem contribuído com o fortalecimento das práticas de proteção as mulheres e da garantia de seus direitos:

“O Selo Social Prefeitura Parceira das Mulheres tem contribuído diretamente para o fortalecimento das práticas de proteção às mulheres nos municípios, promovendo equidade de gênero. A Famup que apóia o projeto tem disponibilizado aos gestores uma equipe técnica para auxiliar a elaboração das propostas ou projetos, que foram inscritos pelos municípios. Destacamos o aumento das adesões nessa segunda edição do prêmio e parabenizamos os 85 municípios selecionados. A promoção de políticas públicas é fundamental para garantir os direitos das mulheres”, disse George Coelho.

Já para a Secretária da SEDAM, Ana Claudia Vital, o crescimento do número de inscrições por si só representa a confiança dos municípios paraibanos nesse importante projeto, que desde a sua primeira edição, tem colaborado e fortalecido no desenvolvimento e na manutenção de políticas tão importantes para o segmento das mulheres.

Desde 2019, a SEDAM tem atuado na articulação, organização e divulgação desse importante projeto, somos parceiras e incentivadoras da política para as mulheres, acreditamos fortemente que iniciativas como essa ajudam a proteger a vida das mulheres, gera crescimento, independência e o empoderamento feminino, como também no desenvolvimento da nossa própria sociedade. Ficamos contentes com o aumento do número de inscritos, com a confiança dos gestores e gestoras, seguimos a disposição para apoiar e construir no que for preciso. Esperamos também que em 2022, várias prefeituras possam ser premiadas e que o estado da Paraíba possa ser tornar, cada vez mais, uma referência na luta por todas as mulheres.

Redação Gabinete Paraíba

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s