NEPOTISMO: TCE-PB emite alerta para Bruno Cunha Lima exonerar cunhado da diretoria técnica do Dom Pedro I

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), é figurinha carimbada na sessão de alertas nos Diários Oficiais do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). Dessa vez, o conselheiro André Carlo Torres Pontes alertou Bruno para corrigir nepotismo, o acúmulo ilegal de cargos na gestão e outros itens.

O caso de nepotismo em voga é referente ao fato do diretor-técnico do Hospital Municipal Dom Pedro I, Tito Lívio, ser cunhado de Bruno Cunha Lima. O acúmulo ilegal de cargos, citado no extrato do Diário Oficial, é por parte do secretário-adjunto de Saúde do município, Gilney Porto. Além de exercer o cargo na prefeitura, Gilney acumula função na Ebserh, empresa que administra o Hospital Universitário de CG.

O conselheiro relata, ainda, dentre outros pontos, a falta de servidores para atender as necessidades das unidades de atenção à saúde de média e alta complexidade, além do elevado número de servidores temporários vinculados ao Fundo Municipal de Saúde.

Fonte PoderPB.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s