[DE MENTIRINHA] Vacinas irregulares aplicadas em Belo Horizonte eram na verdade soro fisiológico

Laudo da Polícia Federal aponta que as vacinas tomadas por empresários do ramo de transporte de Belo Horizonte eram, na verdade, soro fisiológico. O material periciado foi apreendido na casa da cuidadora de idosos Cláudia Mônica Pinheiro Torres de Freitas, apontada como a enfermeira que aplicou as doses do imunizante falso.

“Os resultados dos exames são compatíveis com a descrição contida no rótulo do produto, ou seja, que o mesmo se trata de produto farmacêutico denominado soro fisiológico (solução cloreto de sódio)”, diz o documento obtido pela emissora.

Na terça-feira (30/3), agentes da Polícia Federal cumpriram mandados de busca e apreensão na casa da enfermeira ligada ao esquema. No local, foram encontradas grande quantidade de soro fisiológico.

A suspeita, o filho Igor Pinheiro e um outro homem que estava presente durante a operação foram presos em flagrante e levados à Superintendência da Polícia Federal para prestar depoimento. Já o insumo foi apreendido e passou por perícia policial.

Fonte Metrópoles

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s