[ELEIÇÕES 2022] Governador da Bahia defende aliança entre PT e PSDB contra Bolsonaro em 22

Rui Costa já havia dito que não vê problema em dialogar com Dória ou Eduardo Leite num possível acordo entre partidos em 2020

Governador da Bahia. Foto: Reprodução.

Não é novidade que o Governador da Bahia e ex-Presidente do Consórcio Nordeste, Rui Costa (PT), defende uma aliança entre o Partido dos Trabalhadores e o Partido da Social Democracia Brasileira para derrotar o Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas eleições presidenciais de 2022.

O gestor já havia concedido entrevista ao Jornal O Globo em agosto de 2020 deixando o caminho aberto para os diálogos entre os partidos que historicamente são adversários.

Nesta segunda-feira (22), novamente o Governador foi entrevistado, desta vez do Jornal O Estado de S. Paulo, sobre a mesma temática. Uma possível aliança entre o PT e o PSDB. O Governador mais uma vez ressaltou a importância do diálogo e disse que trabalha pra isso.

“Se depender de mim, vamos trabalhar para isso. Sou a favor de que a gente coloque o Brasil acima das nossas divergências políticas secundárias”, disse o petista.

Assim como o Governador baiano, o ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso também concedeu entrevista ao Jornal e declarou que está disposto ao diálogo.

“Da minha parte estou aberto a conversar. É necessário. Na minha concepção, é preciso definir quem é o inimigo principal. Se é o Bolsonaro, como a gente ganha dele?”, Disse o ex-Presidente.

Lula e FHC. Foto: Reprodução.

Ainda de acordo com FHC, as eleições brasileiras de 2022 serão semelhantes às dos Estados Unidos da América, na sua visão, uma luta contra a barbárie.

“Estamos tratando de um projeto de salvação nacional. A lógica da disputa da eleição no Brasil será semelhante à dos Estados Unidos. É a democracia contra a barbárie e o ódio. A sociedade do bem vai prevalecer contra a lógica miliciana de condução do País.”, Ressaltou.

Segundo informações das lideranças das duas siglas, há uma articulação para uma reunião entre Lula e FHC, mas a data ainda não é precisa.

PT e PSDB. Foto: Reprodução.

A relação entre os partidos tem se mostrado muito promissora. Os primeiros gestos já têm sido demonstrados nas reuniões do Fórum de Governadores Brasileiros, onde os gestores fazem acenos uns aos outros, na luta contra Bolsonaro e seu governo.

Já entre os militantes, há também uma expectativa muito boa. Na Paraíba, membros do diretório estadual do Partido dos Trabalhadores já comemoram, como é o caso do Secretário Estadual da Juventude do PT, o estudante de Direito, Pedro Matias.

“Aliança se faz com os opostos mesmo. Ter dois grandes presidentes em cima do mesmo palanque para derrotar o fascismo seria espetacular”, disse o jovem petista em seu Instagram.

Story do Presidente da JPT-PB. Foto: Reprodução.

Redação Gabinete Paraíba com informações d’O Estado de S. Paulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s