[Igualdade Racial] Centro de Referência João Balula informa sobre atendimento de forma remota na pandemia

Os atendimentos do Centro serão realizados de maneira online na pandemia

João Balula. Foto: Reprodução.

O Centro de Referência de Igualdade Racial da Paraíba, vinculado à Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana (SEMDH/PB), informou através de suas redes que os atendimentos ao público estarão sendo realizados de maneira remota durante a pandemia.

Comunicado do Centro de Referência.
Foto: Reprodução.

Inaugurado pelo Governador João Azevêdo (Cidadania) no dia 20 de novembro de 2020, durante as comemorações do Novembro Negro e do Dia da Consciência Negra, o equipamento tem o propósito de contribuir com a redução das desigualdades raciais e incentivar a equidade racial. O espaço atende à população negra e aos povos e comunidades tradicionais: quilombolas, indígenas, cigana e de religião de matriz africana (candomblé, umbanda e jurema sagrada).

Inauguração do Centro João Balula pelo Governador João Azevêdo. Foto: Reprodução.

O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 08h00min às 16h30min, no prédio localizado na Rua Rodrigues de Aquino, 220, no Centro de João Pessoa.

Excepcionalmente no período de vigência do último Decreto Estadual, que vai do dia 11 ao dia 26 de março e que fecha as repartições públicas (exceto as atividades essenciais) contra a Covid-19, o atendimento será feito de forma remota, conforme o Gerente Estadual de Equidade Racial, José Roberto.

“Tendo em vista o último Decreto do Governo do Estado, com relação ao funcionamento das repartições públicas da gestão estadual, nós estaremos trabalhando em home office, com o atendimento do Centro João Balula sendo realizado de maneira remota. Para orientações e atendimentos especializados, como psicologia, jurídico, pedagogia e Serviço Social, os interessados devem nos acionar pelo telefone: (83) 9 93403946 (WhatsApp). Em caso de urgência, sugerimos que faça um boletim de ocorrência no site: http://www.delegaciaonline.pb.gov.br.”

Em conversa com a redação do Gabinete Paraíba, Roberto também falou um pouco mais acerca do Centro João Balula.

“O Centro João Balula é um marco na história da Paraíba, principalmente no que se refere à políticas públicas voltadas para a promoção da equidade racial e reparação dos problemas históricos aos quais nosso povo, principalmente o povo negro e os povos e comunidades tradicionais, foram submetidos ao longo do tempo. Nosso desejo é que as pessoas conheçam o Centro, visitem e ocupem este espaço que foi preparado pelo Governo para ser um espaço do povo. Neste período da Pandemia estamos com essa limitação de visitas, mas logo logo, esperamos promover cursos, oficinas, atendimentos para as mais diversas áreas, com a finalidade de garantir dignidade ao nosso povo”, declarou.

Sobre João Balula

João Silva Carvalho Filho (1959-2008), mais conhecido como João Balula (in memoriam) era natural do município de Pombal, no sertão da Paraíba. Foi militante do movimento artístico e cultural do Estado. Sua atuação se estendeu desde a música ao teatro, sempre exaltando a cultura do povo negro. Como liderança do Movimento Negro Paraibano, foi um grande lutador, destemido e intransigente, combatia fortemente o racismo e qualquer tipo de preconceito. Deixou seu nome marcado na história. Em novembro de 2020 recebeu a homenagem póstuma, tendo sido batizado com o seu nome, o Centro de Referência de Igualdade Racial do Governo da Paraíba.

João Balula. Foto: Reprodução.

Redação Gabinete Paraíba

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s