Lentidão na Vacinação pode afetar retomada econômica do Brasil, declara OCDE

Organização eleva projeção para crescimento do PIB no Brasil e no mundo. Pacote de Biden deve ajudar a impulsionar atividade econômica global.

Mônica Calazans, primeira pessoa vacinada no Brasil em 17 de Janeiro de 2021.
Foto: Reprodução/G1.

O ritmo lento da vacinação contra a Covid-19 aumenta os riscos que pesam sobre a recuperação da economia do Brasil, afirmou nesta terça-feira a economista-chefe da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Laurence Boone, ao apresentar o relatório preliminar sobre as perspectivas globais.

— No Brasil, o ritmo da vacinação é lento e a transmissão (do vírus) é bastante importante, o que leva a mais restrições, e pode pesar sobre uma eventual retomada — afirmou, em entrevista virtual, a economista-chefe do grupo dos 38 principais países do mundo.

Segundo Laurence, a velocidade das campanhas de vacinação é crucial para reduzir outros riscos que afetam a economia, tais como desigualdade, desemprego, desequilíbrio fiscal e instabilidade do mercado financeiro. Ela enfatizou que os governantes do mundo todo precisam garantir uma vitória na corrrida contra a Covid-19.

— Não vacinar rápido o suficiente pode prejudicar o estímulo fiscal que foi adotado (pelos governos) — disse, exemplificando que, se o país não vacina rapidamente, o setor financeiro vai mudar os preços dos ativos, os juros podem aumentar, países podem ter crise alimentar e a retomada da economia retarda.

Política e mercado: ‘Tendência é de turbulência até 2022’, diz analista

No entanto, com a distribuição de vacinas ganhando velocidade em alguns países e o lançamento do novo pacote de estímulo de US$ 1,9 trilhão pelo governo dos Estados Unidos, que irá ter efeito sobre outros países, a OCDE aponta que o cenário econômico global melhorou e elevou suas estimativas.

Para o Brasil, a OCDE projeta agora que, em 2021, a economia brasileira crescerá 3,7%, 1,1 ponto percentual a mais do que a estimativa feita em dezembro. Para 2022, a projeção passou para alta de 2,7%, ou 0,5 ponto percentual a mais do que há cerca de três meses.

A organização elevou também sua estimativa de crescimento da economia mundial neste ano, de 4,2% na análise anterior para 5,6%. Para 2022, a previsão é de crescimento global de 4%.

Fonte: O Globo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s